terça-feira, 29 de outubro de 2013

Falta uma semana para a Maratona do Porto!

Os últimos treinos semi-longos para a Maratona do Porto foram feitos no fim-de-semana.
O grande segredo para correr a maratona...
Foram 25 Quilómetros no sábado, 16 no domingo, num ritmo descontraído (eg. lento)…
 
Treino de Sábado


Treino de Domingo...
Alguma apreensão à mistura com um nervoso miudinho crescente…
Durante os treinos de fim-de-semana, as dores nos gémeos, no tendão de Aquiles e nas canelas voltaram a dar sinal…

Hummm…  mau mau Maria…. (bad bad Mary, in english…)
Será a segunda maratona de estrada. Nos trilhos já tenho outras maratonas, mas não é bem a mesma coisa…

Em estrada impõe-se um ritmo cardio-respiratório superior ao dos trilhos. Não há subidas para fazer a caminhar, chão traiçoeiro para ter atenção, paisagem para admirar, passarinhos para ouvir cantar, ..etc.,etc.,.. apenas alcatrão para “devorar” à velocidade que as pernas e os pulmões conseguirem aguentar…
Hummm,…não gosto muito de corridas de estrada,… ou melhor, gosto mais de trilhos… a estrada é para corredores a sério, o que não é o meu caso…

"Tenho a sensação que hoje não é daqueles dias..."
Além disso há outro problema,…
Estreei-me na Maratona em Lisboa no ano passado, com 3h25m, o que é um tempo “canhão” para quem nunca correu na vida!

 E agora?... Conseguir sequer igualar aquele tempo será uma empreitada “mui difícil”…quanto mais melhorar…
Mais ou menos como vou estar na parte final da maratona...

Enfim, não será a coisa mais importante do mundo; vou apontar baterias para a faixa das 3h30 e as 4h00, mas não prometo nada…
 São dúvidas e incertezas de um atleta de fim- de-semana antes de uma maratona!

Se mais nada se aproveitar, pelo menos, vou conhecer um pouco do Porto, cidade que não tem estado nos meus roteiros de passagem e que merecerá uma boa visita!
A maratona tem início na zona do Pavilhão Rosa Mota, desce a avenida da Boavista, vai a Matosinhos, regressa pela marginal até à ponte D. Luís, vai à Afurada e regressa pelo mesmo caminho até ao Parque da Cidade onde termina.

Boa prova para quem for e lembrem-se: “a ponte tem uma passagem…prá outra margem”


Ufa... até que enfim...estava a ver que a corrida nunca mais terminava...

16 comentários:

  1. Aiii 3h25....e logo à primeira? Fonix....vamos lá ver se é desta que eu chego perto disso. Tb temos que ver, se no meio de 3.000 doidos dá para a gente se conhecer pessoalmente.
    Abraço e até domingo (ou sábado na Pasta Party - leva marmita, pq vais ficar com fome na mesma :D)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carlos! Não vai ser fácil repetir o tempo do ano passado, não tenho ilusões!
      Vemo-nos lá de certeza, no sábado ou no domingo!
      Abraço!

      Excluir
  2. Que tudo corra pelo melhor! Força!!!

    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela força!
      Bem vou precisar...
      Um abraço!

      Excluir
  3. Eu inspirava-me no primeiro cartoon e... Pronto! Está feito!

    Força para domingo! Boa prova!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O primeiro cartoon condensa toda a teoria da corrida! No final resume-se tudo a colocar um pé à frente do outro..:)
      obrigado pela força! Bjs

      Excluir
  4. O clã Oliveira trata os kms por tu !
    Vais fazer isso sem problemas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu...faltas lá tu!
      Temos de combinar uma maratona, talvez lá fora, para nos internacionalizar! Think about it

      Excluir
  5. Lá estaremos! E sim...as dúvidas, as dores aqui e ali ...é tudo mais ou menos a mesma coisa...mas a minha dúvida varia mais entre as 4:30hrs e as.... qual é mesmo o tempo limite ? ;)

    ResponderExcluir
  6. Lá estaremos! Se fosse fácil não tinha tanto gosto.
    Atenção que o tempo que estou a querer fazer é um bocado ambicioso! O ano passado em Lisboa correu tudo na perfeição, o que é coisa rara. Dificilmente as coisas vão estar tão perfeitas este ano, por isso tudo pode acontecer!!
    De qualquer modo, o que interessa mesmo é sentirmo-nos bem connosco próprios!
    Boa sorte para a prova!!

    ResponderExcluir
  7. 3h25m na primeira Maratona?? Isso foi resultado de algum estágio no Quénia??

    Ainda que nós, corredores, queiramos sempre melhorar o tempo, penso que o mais importante é fazer a prova e desfrutar dela. Claro está que com a preparação que fazemos conseguimos sempre manter no início um ritmo que poderá dar para melhorar.

    Como bem o disseste estás a apontar para as 3h30-4h, e penso que por isso para já não te deves preocupar com as 3h25, e depois na prova logo vês como te sentes e então aí dar tudo por tudo, se estiveres em condições, claro.

    Força e VOA, oopps!!!, BOA PROVA.

    Fernando Varela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tempo do ano passado dificilmente será igualado, por isso não há grande pressão! Não escondo no entanto que gostava de fazer abaixo das 3h30, mas na realidade é uma ambição muito grande para quem começou a correr há apenas dois ou três anos (a primeira prova em que participei foi na meia da Nazaré em 2011!!)
      Vou lá com o objectivo de fazer o melhor que puder, sem entrar em loucuras, mas também de modo a não ficar com a sensação de que estava ao alcançe ter feito melhor...
      Logo se verá, ..o divertimento (e o empeno) é garantido!
      Obrigado pela força!!

      Excluir
  8. Força! Fico a torcer para que corra pelo melhor.
    Uma excelente maratona!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. eheheh, que grande post :D

    revejo-me em muitas dessas coisas que escreveste (fora isso dos tempos) :)

    ...é a minha estreia , desconfio que tambem vai ser a ultima !
    Alcatrão não é a minha "praia" , eu é mais trilhos e terra :)

    Boa prova , tudo a correr bem...
    que seja um empeno dos bons :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado e boa prova para ti também!
      Seja qual for o tempo final, o que interessa mesmo é, vivermos a ocasião!
      Abraço

      Excluir